O Programa Mulheres Mil, do Governo Federal, tem entre as suas metas a erradicação da extrema pobreza e da fome, promoção da igualdade entre os sexos, autonomia das mulheres, bem como a garantia da sustentabilidade ambiental. Além disso, as ações visam promover a formação profissional e tecnológica de cerca de 100 mulheres de diferentes regiões do município. E agora, Pinhais passou a integrar as cidades que aderiram a esta iniciativa que visa possibilitar a formação integral de mulheres em risco social.

Com previsão de início para o próximo ano, 2014, em Pinhais o Programa será executado em parceria com o Instituto Federal do Paraná (IFPR), que já oferece diversos cursos, e tem uma unidade em fase de construção na cidade.  Até lá, as Secretarias de Assistência Social, de Cultura Esporte e Lazer, de Educação, de Saúde e de Desenvolvimento Econômico, seguem com o planejamento do Programa, acompanhado pelo Gabinete de Gestão Integrado do Município (GGI-M). Vale lembrar, que cada mulher receberá uma bolsa auxílio para custeio das despesas de participação do projeto.

Tendo como objetivo garantir o acesso à educação profissional e à elevação da escolaridade, de acordo com as necessidades educacionais de cada comunidade e a vocação econômica das regiões, o Mulheres Mil, foi estruturado em três eixos – educação, cidadania e desenvolvimento sustentável. No município de Pinhais, o projeto visa proporcionar a inclusão social, a melhoria da qualidade de vida, o aumento da escolaridade e o exercício da cidadania para as mulheres em risco social por meio da qualificação profissional inicial, estendendo aos seus pares e às suas comunidades.

Para a vice-prefeita de Pinhais, Marli Paulino, a ideia do projeto é muito interessante, pois, busca proporciona o acesso das mulheres à qualificação profissional, ao mesmo tempo em que envolve diversas outras questões, como a igualdade de gênero. “Acredito que a palavra chave é a valorização das mulheres, a partir do momento em que se dá a oportunidade de qualificação, também se possibilita que elas mesmas descubram suas potencialidades, e a força que existe dentro de cada uma”, afirma a vice-prefeita.

Assinatura do Convênio

Estiveram presentes na reunião, em que foi assinado o termo de adesão ao Projeto, gestores do Instituto Federal do Paraná e também do Programa, o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, a vice-prefeita, Marli Paulino e demais representante do executivo municipal.